A PAIXÃO 
 DA REGIÃO 


Rio tem dois policiais militares mortos em 12 horas

18 DEZ 2017
18 de Dezembro de 2017
A violência contra policiais militares assusta: em 12 horas, dois PMs foram assassinados no estado do Rio. O caso mais recente ocorreu na Avenida dos Democráticos, em Bonsucesso, Zona Norte, por volta das 5h desta segunda-feira. O policial, identificado apenas como segundo sargento Eufrásio, foi atingido por quatro tiros, pelo menos um deles de fuzil, enquanto fazia uma blitz na via.
A vítima chegou a ser levada para o Hospital Geral de Bonsucesso, mas não resistiu e morreu. Até a publicação desta reportagem, a corporação não havia dado mais detalhes sobre o caso.
Eufrásio foi o 129º policial militar morto no estado em 2017. Por causa da morte do policial, o Batalhão de Operações Especiais (Bope) realiza uma operação no Jacarezinho, comunidade que fica perto do local do crime, na manhã desta segunda. Muitos tiros são ouvidos na favela. Já o Batalhão de Choque (BPChq) atua em Manguinhos (Mandela) e na Favela do Arará, em Benfica.
Já no início da noite deste domingo, um PM lotado no Batalhão de Operações Especiais (Bope) foi morto a tiros, no início da noite deste domingo, na Avenida Brasil, altura da Penha, Zona Norte do Rio.
Há duas versões para este caso. Em uma delas, Éder Gomes de Matos teria reagido a uma tentativa de assalto, na altura do Parque Proletário. No entanto, outras testemunhas contam que os criminosos atiraram no PM após verem que ele estava armado.
Até o momento, a corporação ainda não informou o motivo do crime. Éder chegou a ser socorrido por militares da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Parque Proletário, mas não resistiu aos ferimentos.

Voltar