A PAIXÃO 
 DA REGIÃO 


Nascimentos na China caem 3,2% em 2017

16 JUL 2018
16 de Julho de 2018
O número de nascimentos na China caiu 3,2% em 2017 em relação ao ano anterior. Foram 17,58 milhões de bebês, segundo números divulgados neste domingo (15/07) pela Comissão Nacional de Saúde e citados pela imprensa estatal.
Em 2016, o primeiro após o final da política do filho único na China, houve 18,46 milhões de nascimentos.
51% dos bebês nascidos durante 2017 não eram o único filho da família, segundo os dados divulgados.
O Governo chinês acabou com a política do filho único a fim de combater o envelhecimento demográfico, e passou a permitir que as famílias tivessem dois filhos.
No entanto, apesar do aumento inicial do primeiro ano, a forte queda registrada na primeira metade de 2018 está levando as autoridades a pensar em eliminar todos os limites à natalidade. Segundo algumas informações que circulam pela imprensa, isso poderia ocorrer ainda este ano.
Após o final da política do filho único, implantada em 1979, os nascimentos não aumentaram como era esperado pelas autoridades devido, segundo declarações de vários cidadãos, à carência de habitação nas grandes cidades, e também de serviços, como educação ou saúde.

Voltar