A PAIXÃO 
 DA REGIÃO 


Aloizio Mercadante diz que Enem não é 'marxista' nem será 'machista'

28 OUT 2015
28 de Outubro de 2015
O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, rebateu nesta terça-feira (27/10) as críticas de que a abordagem pedagógica do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) tenha viés ideológico de esquerda. Ele disse, ainda, que, enquanto estiver à frente da pasta, a abordagem da prova tampouco será machista.Na edição deste ano, realizada nos últimos dias 24 e 25, o tema da redação, sobre a violência contra a mulher no Brasil, e uma questão baseada no pensamento da filósofa e feminista Simone de Beauvoir causaram polêmica e receberam críticas nas redes sociais.

Políticos da oposição chegaram a acusar o Ministério da Educação de "doutrinação".O ministro defendeu a escolha do tema da redação argumentando que a questão de violência contra a mulher “é uma agenda que o Brasil precisa superar”. “Não podemos aceitar e nos acomodarmos com essas condições”.

Voltar