A PAIXÃO 
 DA REGIÃO 


Uma semana após assumir cargo, secretário de Imprensa de Bolsonaro é exonerado

14 AGO 2019
14 de Agosto de 2019
O secretário de Imprensa da Presidência da República, Paulo Fona, divulgou uma nota nesta terça-feira (13) na qual informou ter sido exonerado por decisão do presidente Jair Bolsonaro.

Nomeado no último dia 7, Paulo Fona ficou uma semana no cargo.
Na nota divulgada na noite desta terça-feira, Fona disse ter sido pego "de surpresa", acrescentando que "esperava maior profissionalismo", o que ele afirma não ter encontrado.

"A decisão da minha exoneração pelo Presidente da República me pegou de surpresa. Fui convidado para assumir a Secretaria de Imprensa, alertei-os de meu histórico e minha postura profissional e a intenção de ajudar na melhoria do relacionamento com a mídia em geral. 

O desafio era imenso, sempre soube, mas esperava maior profissionalismo, o que não encontrei", diz um trecho da nota.

Vinculada à Secretaria de Comunicação Social, a Secretaria de Imprensa é a responsável, por exemplo, por divulgar a agenda de compromissos do presidente da República; atender aos jornalistas que cobrem diariamente o Palácio do Planalto; e organizar a participação da imprensa em eventos públicos com a presença do presidente.

Voltar